Agrishow 2019 registra saldo positivo em negócios

Por: Fernanda Clariano

A cada edição da Agrishow, a expectativa dos produtores rurais quanto às novidades para o setor é maior. Milhares de visitantes vêm de todas as regiões brasileiras e do exterior para entrar em contato com as novas tecnologias desenvolvidas pelas empresas participantes. A feira acontece desde 1994 em Ribeirão Preto-SP e tornou-se referência no agronegócio, este ano o evento reuniu nos seus mais de 500 mil metros quadrados, cerca de 800 marcas e mais de 150 mil visitantes.

A abertura da 25ª edição da Agrishow aconteceu no dia 29 de abril, e contou com a presença do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro; do governador do Estado de São Paulo, João Dória; da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina; do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles; do ministro do Gabinete de Segurança Institucional, General Augusto Heleno; do secretário de Agricultura do Estado de São Paulo, Gustavo Junqueira; do presidente da Agrishow, Francisco Maturro; do presidente da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), João Marchesan e do prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, além de lideranças setoriais do agronegócio, deputados federais, estaduais e prefeitos. 

Em seu discurso, o presidente da Agrishow destacou a importância dos avanços tecnológicos proporcionados pela feira ao agronegócio brasileiro ao fomentar a inovação por meio das máquinas e equipamentos nela expostos.

Já o presidente da Abimaq pontuou que apesar do protagonismo, o agronegócio precisa de apoio. O executivo ainda destacou a necessidade de o governo manter as condições atuais dos Planos Safra. “Temos urgência para continuar crescendo. Mais de 50% da frota brasileira de máquinas agrícolas têm mais de 10 anos”.
 
Uma suplementação orçamentária de R$ 500 milhões para o Moderfrota, mais R$ 1 bilhão em financiamento do Banco do Brasil e R$ 1 bilhão para o seguro rural do Plano Safra 2019/2020. A liberação desses recursos foi anunciada durante a solenidade pelo presidente da República e pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.  “Depois de muita conversa e cálculos conseguimos ‘raspar’ o tacho, esses R$ 500 milhões são pouco sim, mas já ajudam”, disse a ministra.

Ao discursar, Bolsonaro afirmou que não quer atrapalhar quem produz. “Estamos tirando o Estado do ‘cangote’ daqueles que produzem - que investem, e dos grandes empreendedores. O agronegócio, a agropecuária, é um dos setores que está dando certo há muito tempo e devemos valorizar quem trabalha nesta área”. O presidente ainda comentou sobre um projeto enviado à Câmara que segundo ele “vai dar o que falar”, mas que é uma forma de tentar combater a violência no campo. “A intenção é de que, ao defender a sua propriedade privada ou sua vida, o cidadão de bem entre no excludente de ilicitude, ou seja, ele responda, mas não tenha punição. É a forma que temos que proceder, para que o outro lado que teima em desrespeitar a lei tema aos cidadãos de bem e não o contrário”, argumentou.
 
 
Batendo recordes
A feira terminou no dia 3 de maio com um balanço positivo registrando alta de 6,4% em relação ao ano passado, o que representa um volume de R$ 2,9 bilhões em negócios. De acordo com os organizadores, o setor de irrigação registrou a maior parte das vendas.
 
O presidente da feira falou sobre a importância do evento para o agronegócio do Brasil e do mundo. “Neste ano, a conectividade e a tecnologia como aliadas para aumentar a produtividade e eficiência no campo e a incorporação de importantes segmentos da cadeia produtiva, como a área de insumos, foram o grande destaque. A Agrishow vem se fortalecendo a cada ano e mostrando para o mundo o potencial do Brasil”, disse Maturro.
Em 2020 a feira acontece de 27 de abril a 1º de maio e será comandada, por mais um ano, por Francisco Maturro.
 
O presidente do Conselho de Administração da Copercana, Antonio Eduardo Tonielo, e o diretor administrativo da Copercana, Francisco César Urenha, marcaram presença no primeiro dia da feira. Na ocasião, aproveitaram para prestigiar o estande da Sicoob Cocred, onde bateram um papo com o diretor de negócios da cooperativa de crédito, Gabriel Jorge Pascon.

mais
Notícias
do setor

Recuperação Judicial será revista 19 de Junho 2019

Por: Marino GuerraDentre as diversas reformas necessárias enumeradas pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, na sua [...]

ler mais

Em busca da paridade 19 de Junho 2019

Por: Marino Guerra   Durante o Ethanol Summit o representante do Ministério de Minas e Energia, Miguel Lacerda, falou sobre o investimento que a [...]

ler mais

Couro grosso 18 de Junho 2019

Por: Marino Guerra   Em seu discurso durante o Ethanol Summit, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse que ela e o ministro do Meio Ambiente, [...]

ler mais

Enquanto a reforma não vem 18 de Junho 2019

Por: Marino Guerra No Ethanol Summit o governador de São Paulo, João Dória, citou o lançamento do Corolla Híbrido (primeiro [...]

ler mais

Marcos Fava Neves lança livro sobre a cana no Ethanol Summit 18 de Junho 2019

O Professor da USP e da FGV Marcos Fava Neves lança em 18 de junho (terça-feira), durante o Ethanol Summit - maior evento do setor [...]

ler mais

R$ 9 bi aos canaviais 17 de Junho 2019

Por: Marino GuerraNa abertura do Etanol Summit, foi feita a cerimônia de assinatura do programa que autoriza o setor sucroenergetico a emitir [...]

ler mais

@ 2019 Agronegócios Copercana Todos os direitos reservados