Café: Aumento da umidade favorece floração

As chuvas no início de outubro foram suficientes para estimular a abertura das flores nos cafezais de arábica na maior parte das regiões produtoras acompanhadas pelo Cepea. O evento era bastante aguardado pelo setor, uma vez que as primeiras flores, que abriram precocemente no final de agosto, foram afetadas pelo clima seco em setembro. Quanto ao mercado físico, apesar da recuperação das cotações externas e internas no final da semana passada, a grande expectativa do setor com as floradas no Brasil nos últimos dias manteve agentes retraídos do mercado, e a liquidez interna segue baixa.
Quanto ao robusta, produtores do Espírito Santo seguem animados com a próxima temporada, já que, segundo agentes consultados pelo Cepea, as chuvas do início de outubro foram benéficas para a variedade, auxiliando o pegamento das flores e o desenvolvimento dos “chumbinhos”. Na Bahia e em Rondônia, as lavouras estão na fase de “chumbinho”, e o clima segue favorável para a produção. No mercado físico, vendedores seguem retraídos e as negociações estão em ritmo lento.
As chuvas no início de outubro foram suficientes para estimular a abertura das flores nos cafezais de arábica na maior parte das regiões produtoras acompanhadas pelo Cepea. O evento era bastante aguardado pelo setor, uma vez que as primeiras flores, que abriram precocemente no final de agosto, foram afetadas pelo clima seco em setembro. Quanto ao mercado físico, apesar da recuperação das cotações externas e internas no final da semana passada, a grande expectativa do setor com as floradas no Brasil nos últimos dias manteve agentes retraídos do mercado, e a liquidez interna segue baixa.
Quanto ao robusta, produtores do Espírito Santo seguem animados com a próxima temporada, já que, segundo agentes consultados pelo Cepea, as chuvas do início de outubro foram benéficas para a variedade, auxiliando o pegamento das flores e o desenvolvimento dos “chumbinhos”. Na Bahia e em Rondônia, as lavouras estão na fase de “chumbinho”, e o clima segue favorável para a produção. No mercado físico, vendedores seguem retraídos e as negociações estão em ritmo lento.

mais
Notícias
do setor

Lavoura high tech: a importância da tecnologia no Agronegócio 13 de Dezembro 2017

O uso da tecnologia no mercado de agronegócios já é uma realidade. De acordo com um recente levantamento da Comissão Brasileira de [...]

ler mais

Abiove eleva estimativa de produção de soja em 2018 13 de Dezembro 2017

O Brasil deverá produzir 109,5 milhões de toneladas de soja em 2018, estimou nesta terça-feira a Associação Brasileira das [...]

ler mais

Safra 17/18 no Centro-Sul deve fechar com estoque de etanol [...] 13 de Dezembro 2017

O Centro-Sul do Brasil deverá fechar a safra de cana 2017/18, em 31 de março, com estoques de etanol até 21 por cento menores na [...]

ler mais

Bioeletricidade bate recordes, mas continuidade da expansão [...] 13 de Dezembro 2017

De janeiro a novembro de 2017, a bioeletricidade gerada pela biomassa, fonte em que o bagaço de cana possui 89% de participação, aumentou [...]

ler mais

Área plantada vai cair em 2018, e preço de alimento poderá [...] 13 de Dezembro 2017

Os novos números da safra de grãos divulgados pela Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) na terça-feira (12) trazem uma [...]

ler mais

Indústria de biocombustível do Brasil vê impulso com [...] 13 de Dezembro 2017

A nova política de biocombustíveis do Brasil (RenovaBio), aprovada nesta terça-feira no Senado, deverá impulsionar o setor no [...]

ler mais

@ 2017 Agronegócios Copercana Todos os direitos reservados